Sexta-feira, 19 de Janeiro de 2007

Um grande problema!

                                               A grande amizade

 

  Era uma vez um livro falante que só falava, falava, falava...

E a mãe só dizia:

  - Cala-te que só me aborreces.

  Mas o livro nunca ligava ao que a mãe dizia, porque queria contar a história que tinha dentro dele.

  - Mas eu não tenho tempo para histórias! Sabes as que tenho dentro de mim?

  - Não!

  - Então fazemos um acordo: primeiro conto eu, depois contas tu.

Mas a mãe tão pouco ligou ao acordo.

E o menino foi triste para o seu quarto, que era a prateleira de baixo da estante.

   Até que apareceu uma menina que tinha o mesmo problema do livrito.

    -Menina, menina, queres ouvir a minha história?

E sentaram-se os dois entretidos com a história.

A menina e o livro tornaram-se inseparáveis.

                                     

                                                           Fim

sinto-me: Escritora
publicado por luabranca às 18:53

link do post | comentar | favorito
5 comentários:
De Soraia a 19 de Janeiro de 2007 às 18:58
Sentes-te escritora e sentes-te muito bem!!

Tás de Parabens pelo teu trabalho...

Beijinnhos e continua assim Lua apaixonada.

Agora é que reparei tás apaixonada??
Ah pois eu conta-me, conta-me!!

Bom fim- de-semana
De Lua Apaixonada a 19 de Janeiro de 2007 às 19:01
Tás enganada miga Soraia

Eu é que achei o nome bonito e resolvi mete-lo aqui, mas tb porque tar apaixonada é uma coisa boa e extraordinária.
Beijinhos amigos e Obrugada por comentarem...

De MJose a 20 de Janeiro de 2007 às 00:45
Olá Menina!

Ummm.... encontrei um "sapinho" que ...num clik...

Gostei! "Um livro falante..."

... Amanhã trago-te um presente!
... do lado de lá...

Um beijinho
De MJose a 20 de Janeiro de 2007 às 19:21

Olá!!!!!
Pensavas que me esquecia!

Vamos entao...
Prepara-te O grande problema, virá no final!

"Um livro falante..."
- Tobias...Do lado de lá do - de Manuela Bacelar
(Nome curioso!)

" O Tobias estava à janela. Diante dele, um arco-íris parecia querer entrar pelo "atelier" dentro.

Então o Tobias foi subindo, subindo, pelo arco-íris acima e depois deixou-se escorregar para o outro lado.
Do outro lado do arco-íris, o Tobias viu uma máquina gigante...."

Um desafio para ti
* A história continua...
Mas quero perguntar-te o que gostarias de encontrar ou ver... do lado de lá,se pudesses saltar para um ...

Se quiseres, depois mando pelo teu email, o final.

Um bom fim de semana para ti e... grande.
De MJose a 28 de Janeiro de 2007 às 18:45
- Tobias...Do lado de lá do - de Manuela Bacelar
(Nome curioso!)

" O Tobias estava à janela. Diante dele, um arco-íris parecia querer entrar pelo "atelier" dentro.

Então o Tobias foi subindo, subindo, pelo arco-íris acima e depois deixou-se escorregar para o outro lado.
Do outro lado do arco-íris, o Tobias viu uma máquina gigante, onde um pássaro fazia a neve das nuvens brancas e frias, que passeavam lá por cima.
Num grande laboratório, os habitantes do lado de lá do , transformavam tudo o que encontravam em cores: flores, terra, céu, a lua e as estrelas
...
Andando, andando, o Tobias foi ter a um enorme salão, aonde todos brincavam. Subiu umas escadas e foi ter a uma janela. Dali podia ver tudo melhor.
Cada menino tinha a sua cor. Jogavam ás escondidas, ao pingue-pongue, corriam, saltavam, liam e conversavam.
Depois, o Tobias pasou para um grande jardim. Ali havia cinco frascos que tudo e todos coloriam. Havia flores de todos os tamanhos...e meninos voadores.

Uma página adiante, o Tobias viu como todos pintavam a noite, as estrelas e a lua; enquanto, num cantinho, um coelho pintava ovos, à espera da Páscoa que havia de chegar.

Mais à frente, o Tobias sentiu uma forte luz nos olhos. Pintava-se agora o dia. Um pintor pintava o sol e tudo ficava iluminado. Subitamente o Tobias sentiu uma brisa. Lá longe, de trás do sol, aproximava-se um bicho com as cores do arco-íris.

O Tobias encavalitou-se naquele bicho, espécie de cavalo, com patas de pássaro, e assim foram voando, voando, passando por cima de muitas cidades. Ao longe via-se já a janela do "atelier" por onde o menino tinha saido no princípio da história.

A janela, esperava-o a ilustradora. O menino tinha montes de coisas para contar. Tinha estado do lado de lá do , sabia que com 4 cores se podiam fazer muitas outras cores. Tinha visto fazer a noite, o dia e a neve.
...E enquanto bebiam chá e sumo verde, a ilustradora ia ouvindo, ouvindo, o que ele contava, para depois escrever e desenhar a história do Tobias - do lado de lá do arco-íris.»

FIM!

Desculpa-me mas não resisti! Pena que não posso mostrar-te as ilustrações. São magníficas, principalmente nas cores!
Sabes, as vezes pensamos que o imagináqrio faz parte só do mundo dos meninos pequeninos. Acho que se mantém um pouco, de outras formas...

Se quiseres, apaga! Eu sei que ficou muito longo!

Do lado de cá do,



Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. ...

. Sexta-Feira

. Só sei que nada sei!

. Resolvi ser toda tua!!

. Finalmente sou independen...

. A Minha mãe querida

. Um telemóvel diferente

. Dêm continuação á histori...

. A Osga

. Um grande problema!

.arquivos

. Outubro 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

.participar

. participe neste blog

blogs SAPO

.subscrever feeds